Terapia Corporal e Bioenergética
por Tamaris Fontanella

Os processos energéticos do corpo determinam o que acontece na mente, da mesma forma que determinam o que acontece no corpo.
A Terapia Corporal e a Bioenergética são fundamentadas na função da pulsação da vida (contração e expansão energética) partindo dos conceitos de saúde vibrante, respiração, carga e descarga de energia, movimento livre e espontâneo, auto-regulação, auto-consciência, auto-domínio e auto-expressão visando sempre restabelecer a pulsação e o fluxo energético, integrando os aspectos físicos, psíquico, emocionais e espirituais do ser humano.
Fundamentada na função da pulsação da vida (contração e expansão energética) partindo dos conceitos de saúde vibrante, respiração, carga e descarga de energia, movimento livre e espontâneo, auto-regulação, auto-consciência, auto-domínio e auto-expressão visa restabelecer a pulsação e o fluxo energético, integrando os aspectos físicos, psíquico, emocionais e espirituais do ser humano.

Uma da metas da Terapia Corporal e da Bioenergética é desenvolver a habilidade de expressar plenamente o verdadeiro self (auto-expressão) e esta habilidade depende da auto-possessão, ou seja, poder tomar posse de seus verdadeiros sentimentos.

Outros objetivos são o de tornar a pessoa mais cheia de vida, capaz de vivenciar e se expressar adequadamente através do contato com sua real sensação os prazeres e dores, alegrias e tristezas, raiva, amor e sexualidade.

Essa terapia é indicada para as pessoas que desejam reencontrar o caminho do prazer, de ser pleno, fundamentando-se na auto-possesão do seu próprio estado vibratório, sua própria condução da vida.

Na terapia o resgate da pulsação saudável para desenvolver um senso de self mais forte é relacionado ao sentimento corporal promovendo a identificação com sua natureza, ajudando a pessoa a sentir-se mais conectada este mundo, com seu corpo, com os ambientes que a cercam e a que está inserida, e  com a sua sexualidade.

É uma forma de terapia que usa o corpo para liberar emoções, sentimentos e crenças e ativar as funções necessárias à vida.

É uma maneira de entender a personalidade em termos do corpo e de seus processos energéticos que combina o trabalho com o corpo, a mente e espírito para ajudar pessoas a resolverem seus problemas emocionais e espirituais e a melhor perceberem o seu potencial para o prazer e para a alegria de viver.

Como é realizada?
Uma terapia é um processo que resulta da interação entre o terapeuta e o cliente. O terapeuta não pode fazer nada sozinho. Ele necessita da participação ativa e cooperativa. O terapeuta não constrói nada de novo, apenas ajuda a despertar e flexibilizar o que já existe em cada  personalidade e em cada caráter. Ele é um acompanhante, um amigo nesta caminhada. O que o terapeuta tem a oferecer é uma técnica, que conduz o processo com segurança, e a relação amorosa e interessada em seu crescimento pessoal. 
Ao conhecer a história do cliente ele o ajudará a compreender os momentos difíceis de sua vida e através corpo poderá trabalhar os conflitos do passado (e do presente) onde estão estruturados seus bloqueios, pois em seu corpo está inscrita a sua história e auxiliar no processo de reestruturação do futuro.

Na prática mesclam momentos de trabalho com o corpo, trabalho emocional, trabalho mental e trabalho de consciência.

No trabalho com o corpo ele o ajudará a retomar a pulsação energética  e a liberação dos circuitos energéticos. 
Proporá toques, massagens, exercícios de stress muscular, alongamento e expressão das emoções. Dessa forma irá liberando progressivamente sua energia. Na medida em que seu nível de energia subir, lançará mão de exercícios que visem o desenvolvimento de funções que ficaram paralisadas
  
No trabalho emocional o terapeuta  ajudará a identificar bloqueios e o ajudará entrando em contato com as emoções mais profundas.
No trabalho mental duas questões são importantes: as crenças e a revalorização de sua experiência de vida. Com a flexibilização das tensões musculares os vazios perceptivos sobre os quais estão assentadas as crenças começarão a ceder. Assim elas poderão ser questionadas. A revalorização da experiência de vida necessita ser feita a partir da experiência corporal e emocional. A vida faz sentido quando é sentida! A vida só se torna real se é sentida dom corpo!
Na medida em que as experiências corporais e emocionais se ampliam, o indivíduo passa a ter outra visão de mundo, mais condizente com seu verdadeiro EU.
No trabalho da consciência ocorre uma abertura progressiva desta na medida em que a pulsação energética se amplia e os circuitos energéticos tornam-se mais fluidos.

A intensificação das sensações corporais possibilita a abertura da consciência.
Quanto mais consciência corporal mais se ampliará sua consciência!
Estará assim desenvolvendo o "eu observador", instância muito importante na abertura da consciência.
Este trabalho leva progressivamente ao desenvolvimento do "ego maduro".

A espiritualidade é um potencial humano que necessita ser desenvolvido e sustentado em nosso corpo e isto é possível através de nosso ego maduro!

A Terapia Corporal e Bioenergética é uma técnica e também um posicionamento filosófico frente à vida.

Juntos a toda essa sistemática (Terapia Corporal, Análise Reichiana, Orgonoterapia, Vegetoterapia, Biodinâmica)  utilizaremos auxiliares (terapia floral, radiestesia, aromaterapia, balneaterapia, geoterapia, fitoterapia, taroterapia, trofologia, dançaterapia, iridiologia e massoterapia) se necessário para buscar a mais saudável pulsação da vida.
  
É um convite para você retomar sua crença no amor, na vida e na sua verdadeira espiritualidade.

"A consciência da lei do amor leva à consciência da lei da vida que por sua vez leva à consciência de Deus"
W. Reich, Éter, Deus e o Diabo.

Orientações da Terapia Bionergética

I- Seu corpo é a melhor fonte de informação sobre sua história de vida e seu funcionamento energético somático, instintivo, emocional, mental e espiritual. É importante aprender a "ouvi-lo". O corpo tem uma sabedoria de milhões de anos de evolução! Ele "sabe" muito mais da vida que sua mente!
II- Seus desequilíbrios e bloqueios expressam paralisações do sentir ou do expressar. É importante que se volte para seu sentir e que tenha liberdade de expressar suas sensações e emoções.
III- Permita-se ir além de seus limites habituais. Quando sentir impulso para expressar ou for sugerido que expresse algo, faça-o com todo empenho. Não se iniba!
IV- Confie em seu corpo. Perceba suas sensações físicas, entregue-se e permita-se deixar levar por elas. Seu corpo tem uma sabedoria que você desconhece.
V- O que vem à sua consciência tem sempre a ver com o que está ocorrendo no corpo. Durante o trabalho corporal é importante que se mantenha focado nas sensações corporais e que comunique o que vier à consciência, seja na forma de idéias, crenças, imagens, lembranças, sensações, emoções ou impulsos.
VI- No dia-a-dia habitue-se a checar suas idéias, emoções e impulsos com suas sensações corporais. Quando seu comportamento não está coerente com suas sensações ou sente apenas um vazio, questione-se, pois o mesmo pode decorrer de crenças ou padrões sugestionáveis e não de sua verdade mais profunda.
VII- A dor emocional e o prazer fazem parte da vida. Não é possível estar livre para o prazer e bloquear a dor, pois ambas são sensações vitais profundas. Quando se bloqueia a dor paralisa-se também o prazer! A dor e o prazer também são caminhos para o contato com seu EU!
VIII- A dor é uma emoção. Quando você a expressa ela se vai deixando um grande alívio pois a paralisação da dor gera sempre alguma forma de sofrimento que se manifestará por longo tempo.
Permita-se sentir e expressar sua dor emocional para que ela se transforme, ajudando-o a crescer!
IX- Sua evolução é o melhor antídoto contra a dor emocional. O sofrimento existe porque sua evolução paralisou-se apegando-se a comportamentos, auto-imagens, emoções infantis, pensamentos e crenças que te impedem de se expandir, paralisam a sua vida.
X- Permita-se você tem todo o direito de ver o que está realmente vendo, ouvir o que está realmente ouvindo, sentir o que está realmente sentido e acima de tudo de ter prazer na vida!

© copyright 1997-2009, CorpoMente - www.corpomente.net
É permitida a reprodução parcial do conteúdo deste site, desde que citada a fonte.